domingo, 31 de julho de 2011

Este cérebro vive me tapeando

              Pasmem vcs eram 3:14 da manhã tava dormindo, aí de repente uma vontade incontrolável de orar. Rapaz orar, falar com quem?
              O cérebro responde p mim mesmo: "Kra tu precisa de serotonina, tu não sofre de depressão, ansiedade, obesidade?" Eu respondi: "sim!" e ele continuou na argumentação: "Então, vou liberar a sensação de bem-estar depois de tu orar quem sabe até durante, vai se sentir leve, feliz, tu vai vê vai ser melhor que chocolate, confia em mim!".Esses neurotransmissores mesmo, tudo bem topei a parada afinal já tava acordado.
             Ai eu perguntei: "de joelhos? " Ele disse: "Como se sentir melhor". Ai eu pensei: "vou orar de repente vou ficar falando palavras de animo, força para mim mesmo vai fazer bem!"
            Eu comecei agradecendo a Deus por minha vida, pela minha família e etc... Depois partir para dizer o quanto era grato pelas coisas que havia alcançado, a minha pessoa de antes e o de hj, claro tb pelos bens que venho adquirindo ao longo da vida. E comecei a dizer palavras como: Santo, Santo, Santo, Deus do impossível, Só tu és Deus, Criador do céu e da terra, Deus de amor, de misericórdia e aí eu parei e fiquei me perguntando: "Será q não to bajulando Deus, será q não quero algo em troca?"
          - Não, não tá não - Respondeu o cérebro.
          - Perai - respondi a ele. - To falando comigo mesmo, não te mete, opa mas tu sou eu. Não to entendendo mais nada!
         - Deixa te explicar.
         - Fala!
         - Quando tu estás adorando a Deus, tu estás reconhecendo tua pequenez diante Dele é o modo mesmo que limitado de dizer com o vocabulário vasto que tu achas q tem a Ele que Ele é Deus e ponto final. Muitos não gostam desse reconhecimento mais continua que tu ta indo pelo caminho certo daqui a pouquinho eu libero a química.
          Então continuei, depois desse período senti vontade de cantar, imagina 4 da matina cantando, ainda mais com a voz que tenho, bem... Se cantar, canto essas que estão na mídia que a gente aprende por osmose, mas meu cérebro me convenceu que o que vale é o coração sincero por mais q eu emita sons como de um gato dentro de um saco.
         Diz a Bíblia que Deus se inclina para nos ouvir, dessa vez Ele não precisou não!
         E por falar em Bíblia, o cérebro disse que o próximo passo era ler algum trecho da mesma. Eu retruquei dizendo que já passavam das 4. Mais uma vez ele me convenceu.
         Bem baixinho eu resmunguei: "imagina 4 da manhã eu lendo um livro q se diz santo, escrito por homens,pode". Abri onde dizia que todos os homens estão afastados de Deus. E fui passeando por aquele livro. E vi que o salário do pecado é a morte. Será que cometia pecado, pecado não é relativo?! E vi o quanto não era ético e faltava com a verdade diversas vezes e tinha coisas q era lógico ao homem não fazer, mais fazia! Mas como afastado? Eu era um homem justo, indaguei a mim mesmo, não era? Recebo aquilo que é meu, conforme o meu merecimento! Agora esse livro vem me falar de Jesus, é esse mesmo que tomou uma poção para diminuir os batimentos cardíaco e depois casou com a Madalena (Pensa que não assisti Código Da'Vinci). Aí vem dizendo que ele pagou o preço (salvação de graça). Meu senso de justiça tem dificuldades de aceitar esse presente.
       Ah, não dizer que o mundo inteiro jaz no maligno essa é de +, esse papo de Diabo é coisa da Igreja Católica do tempo da idade média que perdura até hoje. Tô fora! Espera e se realmente ele existe e fez eu acreditar a vida inteira na sua não existência?! Aqui diz q ele já foi julgado e condenado, mas ao homem ainda tem a oportunidade de se arrepender e ser salvo. Aqui diz q fui chamado para anunciar as grandezas e fui trazido para luz. Então é isto q alguns ficam enchendo o meu saco de paciência: "Olha Deus tem um plano maravilhoso pra você!"
          Bem... Já são 5:18 da manhã mesmo, o q tenho a perder.
          Deus, se realmente existe vai escutar o que vou dizer e se é tudo isso que este livro diz vai me perdoar, antes havia lido este livro para refutar suas idéias.
         Estou convencido que sou pecador e preciso de ti em minha vida, para isso reconheço que Jesus é teu filho e peço perdão pelos meus pecados. Estou convencido que o meu senso de justiça não é o teu senso de justiça, vejo que mereceria a morte, mas Jesus teu filho me deu a vida, a vida eterna. Reconheço q fui manobrado, manipulado por aquele q tantos anos fez eu não acreditar nele mesmo. E que um dia este mundo vai ser julgado conforme teu senso de justiça.
         Antes de prosseguir na oração, senti algo sendo descarregado dos meus ombros, senti leveza, alivio. Que paz é essa, que gozo. Deve ser psicossomático, ah já sei é a química liberada pelo meu cérebro. Eu choro, estou rindo, de olhos fechados mesmo sinto uma claridade, sinto como pessoas estivessem presentes. Não quero abrir os olhos e perder isto! E fico em silêncio por minutos.
        Deus o que sinto agora é algo natural ou sobrenatural? Deus uma coisa eu sei se o mundo está nas mãos do maligno. Salva minha família e amigos.
       Estou convencido do pecado, da justiça e do juízo. O q falta mais, já até pedi pelos meus familiares e amigos, um homem com ego que tenho isso já tá bom demais?! O que vai dizer agora cérebro que por hoje chega afinal liberou toda sensação de bem-estar?
       - Veja João 16:8
       - O trecho diz que quando ele (O Espírito Santo) vier convencerá o homem do pecado, da justiça e do juízo.
       - Em verdade te digo que eu já vim, estou aqui e falo contigo!
      Enquanto escrevia este texto senti a opressão do inimigo de nossas almas, senti um medo repentino, uma sensação ruim, algo perturbador, pedi ajuda ao auxiliador e tudo foi dissipado!

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Pedir Perdão, muito difícil, mais é preciso!

           Há um tempo quis resolver um problema com alguns irmãos, pelas minhas próprias forças! Guardado pelo rancor, mágoa e certeza de que estava certo!
           Tomado pelo orgulho, raiva e afim de machucar. Tomei medidas extremas, falei até certas verdades na minha visão e de outros. O problema foi a condução da conversa e na maior parte fiz mesmo para ferir, sentir prazer pq sabia o peso das palavras que estava utilizando. Naquele momento não que serve de desculpa estava na transição de voltar para os braços do Pai, mais antes como disse quis resolver o problema por conta própria.
            Interessante que depois q a gente vai perceber certas coisas. Pois mesmo depois de ter falado, aquilo remuia dentro de mim e vira e mexe tecia comentários, ou seja, não adiantou ter falado todas aquelas coisas, aquilo aliviou naquele momento, mas depois continuava dentro de mim.
           Passado um tempo, depois nos braços do Pai, é algo muito interessante o Pai te perdoa dos erros, entretanto, é preciso aparar as arestas. Muitas vezes em oração Deus dizia a mim vai falar com teu irmão. Depois olhando algumas fotos, veio lembranças e vi o quanto aquelas pessoas foram vitais, para a minha melhora. No outro dia na EBD (Escola Biblica Dominical), o tema era sobre perdão e o texto dizia "Que o mesmo caminho que te leva a Deus é o que de conduz ao teu irmão."
          A Palavra de Deus diz q se tem algum problema com teu irmão antes de entregar tua oferta, entra em acordo com ele. Deus me revelou algo q nunca soube ou havia esquecido. A oferta não é só dinheiro, mais é a tua vida. Então se estou envolvido com os projetos de Deus, devo me retratar dizia o Espírito de Deus. Caso contrário hipocrisia!
          Demorei um tempo, mas um sentimento me consumia. Hj tratei de ligar, com o coração saindo pela boca, pensei se fui capaz de dizer tantas coisas ruins, tenho condições de ouvir e pedi perdão. A outra pessoa atendeu, com uma saudação muito amistosa (eu pensei na possibilidade dela está magoada ou se achando certa e mandar cajadada em mim e eu teria q aceitar afinal estava disposto a paz). Com a saudação tudo foi mais fácil, tudo depois da conversa se tornou mais leve, minha consciência, meu espírito mais feliz, o Diabo derrotado (essa nova!) e plena certeza q posso desenvolver o trabalho do Senhor com mais tranquilidade e em paz.
       Louvado seja o teu nome Senhor, por trabalhar em nossos corações só tu faz essas maravilhas. Em o nome de Jesus. Amém!

terça-feira, 12 de julho de 2011

O Favor de Deus

O Favor de Deus

Eu acredito que Deus nos dá alguma coisa, conforme a sua vontade, sabendo o momento certo da Graça. Não acredito no termo "Ele dá conforme o nosso merecimento!". Pois não somos merecedores de nada, pelos conceitos bíblicos, temos uma natureza tendenciosamente para o mal. Muito menos acredito na frase "Temos que ser obedientes para receber sua Graça!".
A Graça como falei é algo imerecido, é algo dado por Deus por sua misericórdia e amor, e completo dizendo dada no momento oportuno.
Quando faço o bem há alguém, deve ser espontâneo, não imaginando que por ter feito uma ação boa (doação, cordialidade, delicado), mereço algo de Deus. Até por que imaginando isto estou premeditando tal ação, assim sendo malicioso ou astuto.
Quando somos obedientes aos seus padrões, também somos beneficiados pela ação que estamos realizando. Sabedor disto Ele nos empregou tais padrões. Por exemplo: Digamos que houve um catástrofe próximo de mim. Para ser preciso um incêndio, onde os moradores perderam tudo, suas casas, móveis e roupas, como em muitos casos ficaram com a roupa do corpo.
Verificando em seus pertences você avista uma pequena cama e seu colchão em perfeitas condições.
O primeiro beneficio que você alcança, mesmo inconscientemente é o desapego ao materialismo. Por que você sabe que aquilo custou caro e poderia ainda lucrar alguma coisa.
O segundo beneficio é: Se colocar no lugar do outro (quando assistimos reportagens contando a situação, muitas vezes choramos, naquele momento somos transportados para aquele local, imaginando, frio, a fome, as doenças proliferadas, a falta de vestimenta, a falta de intimidade, o aconchego, o abandono ou demora do poder público e para aqueles que tem filhos pequenos, ouvindo-os pedir sem poder lhe dar nada ou mesmo vendo-os numa situação que jamais queria passar com eles). Então damos valor nas mínimas coisas que temos, nosso banheiro, nosso teto, nossa segurança e nossos entes que estão vivos. Damos o valor com os devidos cuidados para não nos tornamos materialistas.
O terceiro beneficio é que quando doamos há alguém ou visualizamos pelos meios de comunicação, por exemplo, uma menina recebendo uma boneca (ficando apegada a ela), pais de família recebendo uma casa ou qualquer outro pertence, nos felicitamos com aquela imagem, mais por que tal reação?!
Mesmo o homem sendo tendencioso para o mal. Deus no início disse: "Façamos nossa imagem e semelhança". Ainda dentro do homem, sem eu poder dimensionar, talvez não sei, ainda exista uma fagulha destas palavras dentro de nós.
O importante que ainda nos importamos com o outro é o que a Bíblia diz: "Alegrem-se com os que se alegram e chorem com os que choram". Deixe a fagulha se espalhar por você!
Quando somos solidários, ficamos muito mais felizes do que somos.
A solidariedade é uma via de mão dupla, mas uma via de mão dupla só de bênçãos. Existe algo parecido com isto na Bíblia: "O que você planta você colhe. Francisco de Assis, foi feliz em sua oração e devo me atrever a dizer inspirado por Deus.
 Sermos merecedores ou não, obedientes ou não, não intervêm no meu ponto de vista sobre as bênçãos de Deus em nossas vidas. Afinal o que agrada DEUS é a fé!

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Oração pela Família Padre Zezinho - Destrinchada

          Quando uma música é baseada na Palavra de Deus, ela transcende denominações. A música Oração pela Família do Padre Zezinho, para mim é muito linda.

Que nenhuma família comece em qualquer de repente
Um casamento começa pelo namoro: A prova de fogo. É neste período que devemos ver se a pessoa que nos relacionamos é a pessoa para viver conosco! Tendo cuidado com o impulso, a paixão, "o coração é enganoso" Jeremias 17:9-10. Temos que orar a Deus, para Ele revelar se a pessoa é o seu prometido. Que nenhuma família termine por falta de amor
Tendo amor, ele sofre, mas suporta, crer e espera, eu busco o interesse do meu amado, esta pela verdade... Sendo assim nunca termina 1Corintios 13. Que o casal seja um para o outro de corpo e de mente
(Evangelho de Marcos Cap. 2) E que nada no mundo separe um casal sonhador!
(Romanos 8:38-39)
Que nenhuma família se abrigue debaixo da ponte
Isto é um clamor, um pedido ao Pai, mas também para que os pais tenham sabedoria em administrar o que tem. Que ninguém interfira no lar e na vida dos dois
Velha e conhecida frase: "A intimidade de uma casal pertence a ele e a mais ninguém. Que ninguém os obrigue a viver sem nenhum horizonte
Mais uma vez que não haja interferência, sobretudo, dos negativistas. Que eles vivam do ontem, do hoje, e em função de um depois!
O passado é importante para lembrar, valorizar o que já passaram juntos e de onde vieram, se o hoje está difícil, pensem que na Força do Senhor, darão risadas no depois. Se hoje em privações, estão sem privilégios é em função de um depois.
Que a família comece e termine sabendo onde vai
O primeiro foco é Cristo, "Se o Senhor não edificar a casa em vão os que a edificam" Salmo 127:1; Filipenses 3:12-14 e Apocalipse 2:10. Depois disto que no namoro ou noivado haja planejamento de acordo com a vontade de Deus para o futuro.
E que o homem carregue nos ombros a graça de um pai
O amor de um pai já foi provado há 2011 anos atrás, então sabemos o que é o amor de um pai. Pais honre a benção que DEUS lhe deu. Que a mulher seja um céu de ternura, aconchego e calor
(Provérbios 13) E que os filhos conheçam a força que brota do amor!
Mesmo nas dificuldades, mesmo quando parece contrário o amor em Deus e firmados entre os dois é mais forte. E os filhos ali verão exemplos de superação!
Abençoa, Senhor, as famílias! Amém!
Abençoa, Senhor, a minha também (bis)
Pedido
Que marido e mulher tenham força de amar sem medida
Nada de equiparação, só amo na medida que o outro me ama! Que ninguém vá dormir sem pedir ou sem dar seu perdão
(Efésios 4:26) Que as crianças aprendam no colo, o sentido da vida
Conte, cante, ore com o seu filho, apresente a Deus, é conhecido de bastante tempo que desde o ventre a criança reconhece a voz da mãe. Que a família celebre a partilha do abraço e do pão!
Os momentos de dor, de perdas, do sofrer, a solidariedade, mais também da alegria dos festejos, das bênçãos.
Que marido e mulher não se traiam, nem traiam seus filhos!
Assim devem os maridos amar a suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. Pois nunca ninguém aborreceu a sua própria carne, antes a nutre e preza, como também Cristo à igreja; Efésios 5:28-29. Quando há traição, traímos também a nós mesmo e a confiança do nossos filhos.
Que o ciúme não mate a certeza do amor entre os dois!
O ciúme é a insegurança em nós mesmos que transcende para o outro. Que no seu firmamento a estrela que tem maior brilho,
seja a firme esperança de um céu aqui mesmo e depois!
A maior estrela é a fé em Deus, pois sem ela é impossível agradar a Ele e o que é fé “Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.” Hebreus 11:1.
Que a família comece e termine sabendo onde vai
E que o homem carregue nos ombros a graça de um pai
Que a mulher seja um céu de ternura, aconchego e calor
E que os filhos conheçam a força que brota do amor!
Abençoa, Senhor, as famílias! Amém!
Abençoa, Senhor, a minha também (bis)


Quando estou atribulado, problemas familiares, desentendimentos, querendo desistir, perder o foco, faço uma seleção de músicas e está é uma das que emcabeça!

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Vencendo minhas barreiras


"Portanto, confessai os vossos pecados uns aos outros, e orai uns pelos outros, para serdes curados. A oração de um é poderosa e eficaz. Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós, e orou com fervor para que não chovesse, e durante três anos e seis meses não choveu sobre a terra. E orou outra vez e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto" Tiago 5:16-18.

            Nesta semana que passou o trecho q a Bíblia diz que só Deus sabe os planos q tem p mim e que seus pensamentos não são os meus pensamentos. Materializaram-se. Levei minha mãe a urgência de um hospital pois estava sentindo muitas dores no joelho. A primeira coisa que Deus foi tratanto comigo: A paciência, pois minha mãe anda a passos lentos devido uma enfermidade em sua perna, além disso nos seus 63 anos de vida é bastante teimosa e não me deixa conduzir boa parte das coisas. Mais eu fui determinado a respeitá-la e tratar com carinho, sem stress. A acompanhei do começo ao fim segurando na mão frágil de minha mãe onde sinto seus ossos. Mãos essas que me embalaram e carregaram, mãos essas que seguraram firmes nas minhas quando era pequeno, assim como faço hoje com minha filha ao atravessar uma rua.
          Oh querida mãe, ainda vou lhe ver louvando a Deus e liberta das amarras, descansando em Deus! Agora o cardiologista já diz q sua pressão esta descontrolada e glicose também. Oro a Deus que não seja diabets, caso seja, Deus vai suster sua vida. Já em casa ela me abraçou e agradeceu a paciência que tive, dizendo: "Obrigado meu filho, pela paciência com a mãe velha!" Foi até difícil de ouvir minha mãe não tem costumes a elogios, culpa de um passado amargoso.
        Terminando está primeira parte, passo para o caso em especial, ali aguardando a chamada do médico, escuto uma mulher falando a outra que seu marido, policial, levou um tiro e está no CTI, logo depois escuto que ele iria aguardar um leito vagar para realizar uma cirúrgia pois a bala estava alojada.
Após sair da sala do médico minha mãe foi fazer exames complementares e senti um desejo enorme de orar por aquele homem juntamente com sua esposa e filho. No entanto, veio o medo, o medo de escutar um não de repente! Geralmente quem tem esse tipo de atitude é o povo da bíblia e muitos tem aversão. Após o medo, vem a dúvida, acaso eu não posso orar ali mesmo por aquela vida, por que orar junto com eles?! Em seguida veio a distração. Será que não vão pensar que quero aparecer? E o quarto, a falta de fé. Se eu orar pela vida desse homem e ele morrer?!
        Tantas barreiras para alcançar o alvo! Engraçado no titulo do meu orkut está escrito: "Viverei para tua Glória!". Então a atitude que estava tomando era totalmente contrária ao que estou proclamando. Afinal, Deus me deu, te deu, um espírito de coragem e não de covardia!
        Impetuosamente me levantei de onde estava e fui atrás daquela família, eles estavam recebendo notícias e foi dolorido saber que não poderiam naquele momento ver o homem. Após extrair algumas informações eu não utilizei o modo subjuntivo que pode expressar dúvida, hipótese, pedido ou desejo. Como costumeiramente faço. Porém utilizei o imperativo: "Eu quero orar com a senhora pela vida de seu esposo!" Foi espantoso, fui tomado de uma certeza, a certeza que tudo que ali orava iria se cumprir. Esqueci o corredor movimentado, o barulho das conversas e fui despertado pelo choramingar daquela mulher. Aquilo me deixou emocionado, sua dor, o amor por seu esposo. Abri os olhos seu filho um homem formado ainda estava de olhos fechados e disse aquela mulher ainda com os olhos em lágrimas. Que estamos num barco (este mundo), quando o barco balança pela agitação do mar, tempestade chegando (as tribulações), não esquecemos quem está no barco, JESUS, pois ele acalma a tempestade. E sai dali vibrante, feliz, dever cumprido, eu sei q se tivesse feito o caminho inverso o quanto isso iria me consumir pelo resto do dia.
       Acho que me senti como os 72 descritos em Lc 10: 17. Alegres voltando da missão que Cristo tinha incubido a eles. E mais feliz sou pois meu nome está no livro da vida!
       Toda a Honra e toda Glória a ti Deus, me ajuda a não desanimar.          

sábado, 2 de julho de 2011

Não é somente o coração q é enganoso mais o cérebro tb

           Devido alguns stress, vem desencadeando em mim uma série de desconfortos. O último foi durante uma D.R. (Discutir Relação). Após uma alteração de animos. Surgiu a singela idéia de que minha esposa me mataria com uma punhalada no peito. Então tranquei-me no quarto. Minha esposa deitou na rede em outro compartimento p fazer hora e acabou po ali dormindo.
           Diferente de outrora, eu consegui me controlar bastante ao ponto de dormir tranquilamente. Não fiquei chorando e repetindo p mim mesmo q ela queria me matar, como antigamente.  E nem mesmo quando ela acordou e bateu na porta eu prontamente abri. Tempos atrás eu ficaria ali chorando e dizendo: "Não vou abrir tu queres me matar, eu sei que queres!" Essas alturas todos os objetos perfurocortantes estavam escondidos por mim!
          Louvo o nome de Deus por este controle em parte e louvo a Deus pq o milagre vai chegar. Acreditando pela fé.
Pela Fé - André Valadão
Louvor Norte 2011