domingo, 31 de julho de 2011

Este cérebro vive me tapeando

              Pasmem vcs eram 3:14 da manhã tava dormindo, aí de repente uma vontade incontrolável de orar. Rapaz orar, falar com quem?
              O cérebro responde p mim mesmo: "Kra tu precisa de serotonina, tu não sofre de depressão, ansiedade, obesidade?" Eu respondi: "sim!" e ele continuou na argumentação: "Então, vou liberar a sensação de bem-estar depois de tu orar quem sabe até durante, vai se sentir leve, feliz, tu vai vê vai ser melhor que chocolate, confia em mim!".Esses neurotransmissores mesmo, tudo bem topei a parada afinal já tava acordado.
             Ai eu perguntei: "de joelhos? " Ele disse: "Como se sentir melhor". Ai eu pensei: "vou orar de repente vou ficar falando palavras de animo, força para mim mesmo vai fazer bem!"
            Eu comecei agradecendo a Deus por minha vida, pela minha família e etc... Depois partir para dizer o quanto era grato pelas coisas que havia alcançado, a minha pessoa de antes e o de hj, claro tb pelos bens que venho adquirindo ao longo da vida. E comecei a dizer palavras como: Santo, Santo, Santo, Deus do impossível, Só tu és Deus, Criador do céu e da terra, Deus de amor, de misericórdia e aí eu parei e fiquei me perguntando: "Será q não to bajulando Deus, será q não quero algo em troca?"
          - Não, não tá não - Respondeu o cérebro.
          - Perai - respondi a ele. - To falando comigo mesmo, não te mete, opa mas tu sou eu. Não to entendendo mais nada!
         - Deixa te explicar.
         - Fala!
         - Quando tu estás adorando a Deus, tu estás reconhecendo tua pequenez diante Dele é o modo mesmo que limitado de dizer com o vocabulário vasto que tu achas q tem a Ele que Ele é Deus e ponto final. Muitos não gostam desse reconhecimento mais continua que tu ta indo pelo caminho certo daqui a pouquinho eu libero a química.
          Então continuei, depois desse período senti vontade de cantar, imagina 4 da matina cantando, ainda mais com a voz que tenho, bem... Se cantar, canto essas que estão na mídia que a gente aprende por osmose, mas meu cérebro me convenceu que o que vale é o coração sincero por mais q eu emita sons como de um gato dentro de um saco.
         Diz a Bíblia que Deus se inclina para nos ouvir, dessa vez Ele não precisou não!
         E por falar em Bíblia, o cérebro disse que o próximo passo era ler algum trecho da mesma. Eu retruquei dizendo que já passavam das 4. Mais uma vez ele me convenceu.
         Bem baixinho eu resmunguei: "imagina 4 da manhã eu lendo um livro q se diz santo, escrito por homens,pode". Abri onde dizia que todos os homens estão afastados de Deus. E fui passeando por aquele livro. E vi que o salário do pecado é a morte. Será que cometia pecado, pecado não é relativo?! E vi o quanto não era ético e faltava com a verdade diversas vezes e tinha coisas q era lógico ao homem não fazer, mais fazia! Mas como afastado? Eu era um homem justo, indaguei a mim mesmo, não era? Recebo aquilo que é meu, conforme o meu merecimento! Agora esse livro vem me falar de Jesus, é esse mesmo que tomou uma poção para diminuir os batimentos cardíaco e depois casou com a Madalena (Pensa que não assisti Código Da'Vinci). Aí vem dizendo que ele pagou o preço (salvação de graça). Meu senso de justiça tem dificuldades de aceitar esse presente.
       Ah, não dizer que o mundo inteiro jaz no maligno essa é de +, esse papo de Diabo é coisa da Igreja Católica do tempo da idade média que perdura até hoje. Tô fora! Espera e se realmente ele existe e fez eu acreditar a vida inteira na sua não existência?! Aqui diz q ele já foi julgado e condenado, mas ao homem ainda tem a oportunidade de se arrepender e ser salvo. Aqui diz q fui chamado para anunciar as grandezas e fui trazido para luz. Então é isto q alguns ficam enchendo o meu saco de paciência: "Olha Deus tem um plano maravilhoso pra você!"
          Bem... Já são 5:18 da manhã mesmo, o q tenho a perder.
          Deus, se realmente existe vai escutar o que vou dizer e se é tudo isso que este livro diz vai me perdoar, antes havia lido este livro para refutar suas idéias.
         Estou convencido que sou pecador e preciso de ti em minha vida, para isso reconheço que Jesus é teu filho e peço perdão pelos meus pecados. Estou convencido que o meu senso de justiça não é o teu senso de justiça, vejo que mereceria a morte, mas Jesus teu filho me deu a vida, a vida eterna. Reconheço q fui manobrado, manipulado por aquele q tantos anos fez eu não acreditar nele mesmo. E que um dia este mundo vai ser julgado conforme teu senso de justiça.
         Antes de prosseguir na oração, senti algo sendo descarregado dos meus ombros, senti leveza, alivio. Que paz é essa, que gozo. Deve ser psicossomático, ah já sei é a química liberada pelo meu cérebro. Eu choro, estou rindo, de olhos fechados mesmo sinto uma claridade, sinto como pessoas estivessem presentes. Não quero abrir os olhos e perder isto! E fico em silêncio por minutos.
        Deus o que sinto agora é algo natural ou sobrenatural? Deus uma coisa eu sei se o mundo está nas mãos do maligno. Salva minha família e amigos.
       Estou convencido do pecado, da justiça e do juízo. O q falta mais, já até pedi pelos meus familiares e amigos, um homem com ego que tenho isso já tá bom demais?! O que vai dizer agora cérebro que por hoje chega afinal liberou toda sensação de bem-estar?
       - Veja João 16:8
       - O trecho diz que quando ele (O Espírito Santo) vier convencerá o homem do pecado, da justiça e do juízo.
       - Em verdade te digo que eu já vim, estou aqui e falo contigo!
      Enquanto escrevia este texto senti a opressão do inimigo de nossas almas, senti um medo repentino, uma sensação ruim, algo perturbador, pedi ajuda ao auxiliador e tudo foi dissipado!