quarta-feira, 20 de julho de 2011

Pedir Perdão, muito difícil, mais é preciso!

           Há um tempo quis resolver um problema com alguns irmãos, pelas minhas próprias forças! Guardado pelo rancor, mágoa e certeza de que estava certo!
           Tomado pelo orgulho, raiva e afim de machucar. Tomei medidas extremas, falei até certas verdades na minha visão e de outros. O problema foi a condução da conversa e na maior parte fiz mesmo para ferir, sentir prazer pq sabia o peso das palavras que estava utilizando. Naquele momento não que serve de desculpa estava na transição de voltar para os braços do Pai, mais antes como disse quis resolver o problema por conta própria.
            Interessante que depois q a gente vai perceber certas coisas. Pois mesmo depois de ter falado, aquilo remuia dentro de mim e vira e mexe tecia comentários, ou seja, não adiantou ter falado todas aquelas coisas, aquilo aliviou naquele momento, mas depois continuava dentro de mim.
           Passado um tempo, depois nos braços do Pai, é algo muito interessante o Pai te perdoa dos erros, entretanto, é preciso aparar as arestas. Muitas vezes em oração Deus dizia a mim vai falar com teu irmão. Depois olhando algumas fotos, veio lembranças e vi o quanto aquelas pessoas foram vitais, para a minha melhora. No outro dia na EBD (Escola Biblica Dominical), o tema era sobre perdão e o texto dizia "Que o mesmo caminho que te leva a Deus é o que de conduz ao teu irmão."
          A Palavra de Deus diz q se tem algum problema com teu irmão antes de entregar tua oferta, entra em acordo com ele. Deus me revelou algo q nunca soube ou havia esquecido. A oferta não é só dinheiro, mais é a tua vida. Então se estou envolvido com os projetos de Deus, devo me retratar dizia o Espírito de Deus. Caso contrário hipocrisia!
          Demorei um tempo, mas um sentimento me consumia. Hj tratei de ligar, com o coração saindo pela boca, pensei se fui capaz de dizer tantas coisas ruins, tenho condições de ouvir e pedi perdão. A outra pessoa atendeu, com uma saudação muito amistosa (eu pensei na possibilidade dela está magoada ou se achando certa e mandar cajadada em mim e eu teria q aceitar afinal estava disposto a paz). Com a saudação tudo foi mais fácil, tudo depois da conversa se tornou mais leve, minha consciência, meu espírito mais feliz, o Diabo derrotado (essa nova!) e plena certeza q posso desenvolver o trabalho do Senhor com mais tranquilidade e em paz.
       Louvado seja o teu nome Senhor, por trabalhar em nossos corações só tu faz essas maravilhas. Em o nome de Jesus. Amém!