segunda-feira, 17 de outubro de 2011

O Mundo encantado de Gigi! O que deixamos entrar em nossas casas, que programas, filmes, desenhos e presentes estamos dando para nossos filhos!

       Realmente muitos não se atentam para tal coisa, eu mesmo passei por isto alguns dias. Vimos algo totalmente inocente, cheio de cores, com rostos angelicais, com vozes engraçadas, infantis. E achamos formidável, ideal para nossos filhos assistirem. Ainda mais quando queremos fazer outras coisas que exigem silêncio e concentração. Talvez a novela ou o futebol, uma leitura ou escutar música.
       Está semana recebi de um colega um desenho chamado. 

"O Mundo Encantado de GIGI"



      O desenho conta a história de Gigi, uma garotinha que entende-se que perdeu seu pai, no entanto, nunca esqueceu que seu pai sempre dizia que Pinguins voavam! Ela anda fantasiada então de pinguim, muito desejosa de voar, sendo duramente criticada por meninos, dizendo quanto estupido era aquele seu sonho!
     Encontrando alguns objetos, Gigi é direcionada há um outro mundo. Um mundo onde existem Goblins. Os Goblins são muito semelhantes a Duendes, fazem parte do folclore nórdico, fazem brincadeiras de mau gosto e feitiçárias. O que me chamou atenção é que lá pelas tantas do desenho. Gigi se encontra com os chefes deles e o mesmo diz que os Goblins também são conhecidos como DEMONIOS DO BEM. Vivemos numa cultura Judaico-Cristã, por tantos, seguimos as normas, desta religião, claro aqueles que se dizem cristãos. E nesta cultura não nenhuma menção de demonios bons ou demonios do bem! Na verdade isso nada mais é para confundir nossas crianças, pois ensinamos uma coisa e é veiculado outra.
     No desenho também existe um Rei, o Rei do Reino das Trevas, eu conheço apenas um Rei deste reino.
     Para salvar aquele lugarejo de Goblins, eles depositam a confiança na garota. Se formos fazer uma comparação, o lugarejo é o tudo daqueles seres, ou seja, seu planeta. Podemos dizer assim, que num paralelo a humanidade deposita a existência e a salvação da vida deles numa humana, quando o correto é CRISTO.
     Existem seres menores:


    Os quatro seres de olhos grandes trabalham para o garoto do meio. Esses quatro seres entoam um cantico todas as vezes que aparecem o cantico é o seguinte: "Diabinho, diabão, faremos diabruras, somos diabólicos".
    O garoto do meio é reconhecido como "Um dos caídos", mais tarde ele admite que era um anjo que caiu do céu. Eu conheço por outro o nome os anjos decaídos. E nenhum anjo que caiu do céu quer voltar e voltar a ser bom, como no caso deste garoto. Ele tem como castigar aqueles que o desafia, com a Ele é reconhecido por um ser chamado "Paraquiqui" muito semelhante a palavra "Paracleto" nome dado ao Espiríto Santo. Este mesmo ser é conhecido com o seguinte bordão: "Não há nada que ele não saiba", estão falando de onisciência. Apenas Deus sabe de todas as coisas.
   Quase no final a garoto consegue finalmente voar, com o auxilio de o espirito de seu pai. Nunca jamais poderia acontecer isto, pois mortos não voltam e nada sabem do que se passa aqui, basta ler o livro de Eclesiaste (todo ele), sobretudo, o capitulo 9:5.
   Vejamos o que estamos oferecendo aos nossos filhos, muitos hj assistem programas e desenhos e acabam se achando super-homens e mulheres-maravilhas, pulando de muros, pensando q num corte qualquer no outro instante já estão com um esparadrapo e até mesmo atirando nos outros. Crescem num mundo irreal e de fantasias, deturpado e sem valores ou valores invertidos. E nós pais de braços cruzados sem fazer nada, achando q a responsabilidade em quanto moral, carater, educação e outros atributos é somente das escolas ou igrejas. O cuidar tem que começar por mim!