quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Passar pelo processo novamente é uma releitura e observância melhor!

          Terça-feira passada fui ao médico (psiquiatra), a psicóloga e depois a urgência para descobir um incômodo muito grande no meu ouvido esquerdo.
          Na psicologia, foi me tido que nem tudo q sinto é referente a patologia que tenho e que determinados sentimentos, como vázio, tristeza, angustia, vontade de não fazer nada e irritação, também são frutos das pessoas no seu dia-a-dia. No meu caso estou, digamos mais sensível a isto. Entendo isto mais a pratica e muito mais difícel de lhe dar, pois imagino que, algumas vezes tenho tanta angústia, tanta agonia que a vontade que me dá é sair de casa e simplesmente andar, caminhar sem rumo, sem uma ídeia para onde ir. O problema que são uma e meia da manhã, caminhar sem rumo a esta hora é perigoso e tentar "domar" este sentimento este é o problema, o que fazer, então? Por que passar a mão na cabeça friccionar os olhos, pois estão cansados não vai resolver! Elevar os pensamentos para outra coisa é uma escolha, se vai ser efetiva é relativo, depende do grau de controle que você tem. A conversa em seu todo foi proveitosa, ouvir que você tem capacidade e inteligência é bom, por mais que eu não acredite muito, as pessoas tende achar sobre mim, uma inteligência por causa do gosto pela leitura, por documentários e coisas a fim. Em certos momentos tenho facilidade em entender o que quer dizer o texto em outras nem tanto, sobretudo, os acadêmicos. Os textos Biblicos, admitos que tenho uma facilidade em entendê-los, a pratica é outra história! O que me facilita a entendê-los é a visualização que faço no decorrer da leitura, imagino a situação ali ocorrida.
            Na psiquiatria, expos tudo que estou sentindo no momento, dias que amanheço com raiva, triste, agônia, irritado, não querendo conversa com ninguém, as vezes as vozes da pessoas me aborrecem, sobretudo, quando duas ou três vozes ao mesmo tempo. Preciso sair para não explodir, pois quando explodo sobra para alguém, eu as coisas que saem da minha boca, são totalmente descontroladas e irracionais. Uma variação entre acomodação (gostoso) e tristeza. Falei também daquele "passamento" (já postei aqui), pude depois de alguns dias decifrar o que me aconteceu, o sentimento era como se fosse partir dali para outro lugar, trasladado, talvez uma ideia de desmaio ("talvez" pois nunca desmaiei). Citei também o toque do "bendito" telefone que por diversas vezes não sai da minha cabeça, além da já "acostumada" visões ou delirios como queiram chamar. Falei da última quando estava a noite enrolando uma mangueira de jardim na frente da casa da minha mãe e a minha direita, percebi que havia algo ou alguém se movimentando, ao olhar bem direito desapareceu! Tudo bem poderia alegar que foi minha sombra até desconfio disto. Agora está assistindo tv ou no pc e vê algo escuro do tamanho de uma mão em punho se mexer e logo enseguida quando vou firmar a vista é complicado.
             O que seria psicose? o Wikipédia diz: ... certa "perda de contato com a realidade". "Desta forma surgem também, nos momentos de crise, dificuldades de interacção social e em cumprir normalmente as actividades de vida diária". Algumas vezes, por causa de discussões ou mesmo nada cismo que minha esposa quer me matar, e a todo instantes minha imaginação produz a imagem dela apunhalando uma faca de cozinha em meio peito assim que me deito ao seu lado, isso faz eu retardar em me deitar. Com tudo isso e outras coisas, ele decediu que eu fique mais um tempo afastado. Terei que passar por mais uma perícia médica, para mim isso é doloroso, porque expor para os leitores aqui, não me submete a ver suas reações talvez como espanto ou ironia, até mesmo como "seu mentiroso", é doloroso por que sei que boa parte dos médicos estão alheios as nossas dores e conflitos, o contato com a dor diariamente nos faz insensiveis por diversas vezes.
             Para os médicos da Previdência todos são mentirosos até que se prove ao contrário. Se quando as pessoas estão doentes que se percebe isso fisicamente já é dificil conseguir um benefício, quanto mais quando é dentro de você, não existe exames que comprove alguma disfunção apenas o relato da própria pessoa. E para falar com sinceridade esses fatos boa parte deles (os acontecimentos comigo), já são tão corriqueiros que já não os conto com tanto espanto como antigamente. Estão fazendo parte do dia-a-dia. Me abato quando vejo pessoas nas ruas levando suas vidas normalmente, acordando cedo, indo para seu trabalho, sentados ou em pé no coletivo, conversando e exercendo suas atividades laborativas. Voltando para casa, assistindo sua tv, conversando e rindo com sua família, nos finais de semana curtindo o seu lazer seja em bares, clubes, viajando ou apenas descansando na frente de sua casa com seus amigos ou vizinhos curtindo aquele som. Também tem aqueles que tem suas atividades eclesiasticas, indo a igreja no meio da semana assim como a noite, tendo cargos exercendo com maestria a função a qual foi designada. Outros praticando esportes, outros dormindo, pois bem vcs devem dizer isto "e pq vc não exerce as mesmas coisas?"
              Até começo bem certa coisa, empolgado com uma vontade tamanha q vou atras de documentos, estudos, leituras, vou duas semanas seguidas a igreja, isso pode se estender até um mês como já aconteceu, chego até ser convidado para ministrar alguma coisa, de repente, no outro dia amanheço sem ânimo, sem vontade de sair para canto algum, apenas ficar em casa, ainda graças a Deus, querendo assistir filmes ou na frente do pc, por que já houve épocas q até isso mesmo perdeu o gosto. Começo encontrar defeitos, me irrito com as coisas, com as pessoas e então desisto, sendo assim nunca assumo de fato algo que gostaria e sei que a responsabilidade é grande, além do que as pessoas são fatais, elas te rotulam uma vez assim, uma vez para sempre e infelizmente isso não foge do âmbito da igreja, por tanto, elas te excluem. A igreja de hoje não é nem de perto o que Jesus nos ensinou, nova chance, perdão, ela perdoa com um pé atrás e o outro em movimentando-se para trãs e para frente. Por que continuo numa comunidade assim? Por que também sou imperfeito, eu me igualo a elas, por que também ainda existem pessoas maravilhosas que deletam da sua mente o eu pecado, te valorizam e creiem absolutamente em Deus, pois quando desvalorizamos as pessoas, dizemos que não tem mais jeito, na verdade estamos dizendo que Deus não tem poder suficiente para tal mudança, pois estamos depositando a confiança em mudar na pessoa e não em Deus.
             Sair, viajar, passear, primeiro lugar como vou gastar o que não tenho: Dinheiro O salário de um beneficiário não é de perto o salário real de um asalariado, pude constatar estes dias quando fui a unidade que trabalhava e vi a diferença de R$ 320,00 reais do meu salário, quando peguei meu contra-cheque. Ainda existe aqueles q dizem q enrolamos, inventamos para não trabalhar. Sem falar que no caso da empresa que trabalho recebemos um ticket-alimentação no valor de R$ 300,00, o qual é cortado ao entrar de benefício e recebemos como uma caridade apenas no natal. Sair, viajar, passear com pensamento voltado para a violência, desastres e tudo mais, quando tiver com a mente sadia, sem preocupação com essas coisas farei e farei com muito gosto, por que até então esses pensamentos invadem minha mente, levando para o emocional e o físico, não é como antes, mais ainda perturbam. Por tanto, em lugares publicos não vou poder demonstrar minhas crises, a vontade de gritar súbita dentro de um ônibus em querer descer por que o motorista está correndo muito com o mesmo, desconfiar incessantemente de alguns elementos no prório coletivo ou na rua dos motociclistas em dupla. Não posso sair sem mais nem menos de um local de alguns andares ou com um número expressivo de pessoas.
             Alguns aqui podem fazer a pergunta "onde fica Deus no meio desta história", Ele fica no mesmo lugar onde ficou no começo, onde está agora e certamente ficará no final, sentado em seu Trono de Graça (de forma literal não sei), não foi assim que aconteceu com seu filho?! As intervenções de Deus creio este humilde ignorante se dá, apenas quando o homem não pode mais tomar a frente. Todas as coisas tem um propósito visualizei esses dias num facebook de um colega meu e ele citava Eclesiastes 3: 1 "Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu". É o tempo para eu aprender certas coisas, mais essas eu já até conheço boa partes delas, mas desaprender outras essas são mais dificeis. Sei o quanto Deus já me ajudou e me deu um família maravilhosa, para isso, porque tenho a impressão que se fosse outra esposa ou já teria pulado desse barco ainda quando a água chegasse aos calcanhares, no entanto, mesmo com a água entrando em suas narinas ela ainda da saltos para respirar. Minha filha entende boa parte até porque jpa tive uma conversa franca com ela, e através de seus carinhos e dizeres e que me fazem resistir, principalmente quando vem os desejos de não existência (não são os mesmos de suicídio, apenas uma vontade de não existir mais). E quem tem uma mãe com um filho único nem precisa dizer muita coisa.
             Versículo conhecido: "No mundo tereis aflição, porém tenham bom ânimo, eu venci o mundo", pois se estamos com Cristo somos vencedores também ou melhor somos mais que vencedores. Por tanto, queridos se você já ouviu dizerem "pare de sofrer", é a mais pura mentira! Outra mentira está no versículo: "Com Cristo somos mais que vencedores" no que diz respeito a em aspectos como saúde ou até mesmo justiça. Uma pessoa q é cristã e está em fase terminal de um câncer e ao falecer dizemos que não foi vencedora! Pois temos que achar que ela seria curada e não obteve fé o suficiente para tal milagre. Os designios de Deus somente a Ele pertence e cabe a Ele torná-los público. Está mesma pessoa deu testemunho de ser uma serva fiel, dedicada, de uma fé inabalável mesmo sabendo que não sobreviveria, outras ali vizinhos, amigos, parentes, chegados viam nela uma força, conhecimento, convicção e sustento que não vinham dela como ser humana, mais apenas do Espírito de Deus. Uma pessoa que é presa, aguarda julgamento e de fato é culpada não pode, por que conheceu verdadeiramente Cristo ser considerada inocente, pois Deus é Deus de justiça. E ela terá que cumprir sua pena e mesmo ali ela pode levar outros a Cristo.
              Existe um trecho de uma música que diz "Deus tarda mais não falha", entendo que este tardar, é o que nós entendemos como ser humanos e finitos, que é uma demora (aparentemente), entretanto, Deus age no momento certo, como um perfeito pai.
              Espero em Deus forças e nos amigos e colegas, sustento para este dia.
             Ah sim, sem esquecer a médica na urgência disse que o incômodo no ouvido é apenas fabricação de cera!
             Até a próxima!