segunda-feira, 30 de julho de 2012

Sete alimentos que ajudam a combater o mau hálito


Na impossibilidade de fazer a limpeza bucal, recorra a alguns truques

Embora alguns alimentos, como alho e cebola, possam causar mau hálito, a razão mais comum para esse mal quando ele se torna frequente é a falta de higiene bucal, principalmente da língua. A dentista Michelle Davanço, especializada em estomatologia e profissional da Clínica Steticlin, conta que, muitas vezes, a halitose torna-se tão habitual que o portador nem a percebe mais. Nesse caso, fique atento ao alerta de colegas e procure um dentista. Mas, quando ela é resultado de um simples imprevisto que nos impede de escovar os dentes, você pode investir em alguns alimentos para deixar sua boca mais agradável. Confira:

Maçã, cenoura e pepino
Quando comidos crus e com casca, a maçã, a cenoura e o pepino realizam uma espécie de raspagem dos dentes que complementa a ação de limpeza do fio dental. Dessa forma, impede o acúmulo de bactérias e livra de possíveis odores indesejados.

Para se ter noção de como é imediato o resultado dessa interação, experimente consumi-los quando sentir que os seus dentes estão um pouco ásperos, o que evidencia a formação da placa bacteriana. Após o consumo, passando a língua por eles novamente, você os sentirá lisinhos. Não é à toa que, como explica a dentista Michelle, esses alimentos são comumente chamados de "detergentes".

Chá de boldo
Embora façamos uma associação direta e exclusiva entre o mau hálito e a boca, segundo Marcio Augusto, dentista especializado em halitose, o odor exalado também pode ser potencializado pela má digestão. Isso ocorre quando gases produzidos no intestino são incorretamente desviados para o estômago e, então, liberados pelas vias respiratórias, situação comum em pessoas de mais idade. Nesse caso, o chá de boldo pode ser de grande ajuda, uma vez que estimula esse processo, prevenindo, consequentemente, essa situação desagradável.

Gengibre
Você provavelmente já viu o gengibre presente na categoria de alimentos antioxidantes, anticoagulantes, entre outras. Acontece que ele também atua como um ótimo adstringente natural, por estimular alguns processos digestivos, como explica a nutricionista Daniela Cyrulin. Desse modo, levar balinhas de gengibre na bolsa ou na mochila ou até mesmo acrescentá-lo às refeições pode ser uma estratégia para combater o mau hálito.

Iogurte natural sem açúcarUma causa bastante comum do mau hálito é o elevado nível de gás sulfídrico em nosso organismo. Ele é resultante dos processos metabólicos anaeróbicos - que ocorrem na ausência de ar - do nosso corpo. "Nesse caso, o iogurte natural sem açúcar pode ser a grande solução, uma vez que ele age reduzindo os níveis desse gás que tem odor similar ao de ovo podre", aponta Daniela.

Suco de limão
O limão tem poder adstringente e bactericida, eliminando bactérias presentes na boca e em todo o sistema digestivo. Essa fruta ainda atua como reguladora do intestino, responsável por produzir diversos gases que muitas vezes acabam sendo eliminados pelas vias respiratórias. Para facilitar o seu consumo, vale acrescentá-lo às refeições e até pedir umsuco adoçado.

Hortelã
hortelã é amplamente utilizada em tratamentos medicinais, mas também é dotada de diversas propriedades que estimulam o sistema digestivo, além, é claro, de ter um aroma agradável. Dessa forma, ao mastigar as folhas dessa planta, você direciona o suco formado pela saliva para o estômago, acelerando a digestão, e ainda fica com aquele gostinho de frescor na boca. Precisa explicar por que ela está presente em balas, enxaguantes bucais e pastas de dente?

Água
Você provavelmente já percebeu que, mesmo escovando os dentes antes de dormir, sempre acorda com mau hálito. De acordo com a dentista Michelle, isso é completamente normal, pois, quando dormimos, os processos fisiológicos do nosso corpo desaceleram, diminuindo o ritmo até mesmo da salivação, o que promove a proliferação de bactérias bucais.

Por isso, beber bastante água durante o dia é uma ótima saída para evitar a halitose, pois estimula as glândulas salivares e ainda ajuda a eliminar resíduos de todo o nosso organismo, inclusive, da boca.

Material extraído do site: http://www.minhavida.com.br/

Este site é muito bom!

quarta-feira, 25 de julho de 2012

O que significa dizer que a Bíblia é inspirada?

Pergunta: "O que significa dizer que a Bíblia é inspirada?"

Resposta: Quando as pessoas dizem que a Bíblia foi inspirada, estão se referindo ao fato de que Deus divinamente influenciou os autores humanos das Escrituras de modo tal que aquilo que escreveram foi a própria Palavra de Deus. No contexto das Escrituras, a palavra inspiração simplesmente significa “Divinamente inspirada”. Inspiração comunica a nós o fato da Bíblia verdadeiramente ser a Palavra de Deus, e faz com que a Bíblia seja única dentre todos os outros livros.

Mesmo havendo diferentes opiniões a respeito de até que ponto a Bíblia é inspirada, não pode haver dúvidas de que a própria Bíblia afirma que cada palavra, em cada parte sua, ela é inspirada por Deus (I Coríntios 2:12-13; II Timóteo 3:16-17). Esta visão das Escrituras é freqüentemente conhecida como inspiração “verbal e plenária”. Isto significa que a inspiração se estende às próprias palavras escolhidas (inspiração verbal), não somente aos conceitos e idéias; e que a inspiração se estende a todas as partes das Escrituras e todos os temas tratados nas Escrituras (inspiração plenária). Há algumas pessoas que acreditam que somente partes da Bíblia são inspiradas, ou somente os pensamentos ou conceitos que lidam com religião sejam inspirados, mas tais visões da inspiração não dão conta do que a própria Bíblia afirma ser. Total inspiração verbal e plenária é uma característica essencial da Palavra de Deus.

A extensão da inspiração pode ser vista claramente em II Timóteo 3:16-17: “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra.” Este verso nos diz que Deus inspirou toda a Escritura e que ela é proveitosa para nós. Não são somente algumas partes da Bíblia que lidam com doutrinas religiosas que são inspiradas, mas cada uma e todas as partes, desde Gênesis até Apocalipse, são a Palavra de Deus. Por terem sido inspiradas por Deus, as Escrituras são, então, autoridade no tocante a estabelecer doutrinas, e suficientes para ensinar ao homem como estar em um correto relacionamento com Deus, “instruir em justiça”. A Bíblia afirma ser não apenas inspirada por Deus, mas também ter a capacidade de nos transformar e nos fazer “completos”, totalmente equipados para toda boa obra.

Um outro verso que lida com a inspiração das Escrituras é II Pedro 1:21. Este verso nos diz que “Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.” Este verso nos ajuda a compreender que apesar do homem ter escrito as Escrituras, as palavras que escreveram foram as próprias palavras de Deus. Apesar de ter usado homens com suas diferentes personalidades e estilos de escrita, Deus divinamente inspirou cada palavra que escreveram. O próprio Jesus confirmou a inspiração verbal e plenária das Escrituras quando disse: “Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim abrogar, mas cumprir. Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido” (Mateus 5:17-18). Nestes versos, Jesus reafirma a exatidão das Escrituras, que vai até ao menor detalhe e até ao menor sinal de pontuação: porque é a própria palavra de Deus.

Por serem as Escrituras a inspirada Palavra de Deus, podemos concluir que são também livres de erro e revestidas de autoridade. Uma correta visão de Deus leva que se chegue a uma correta visão de Sua Palavra. Por ser Deus todo poderoso, cheio de sabedoria e completamente perfeito, Sua Palavra, por sua própria natureza, terá as mesmas características. Os mesmos versos que estabelecem a inspiração das Escrituras também estabelecem que são tanto livres de erro quanto revestidas de autoridade. Sem dúvidas, a Bíblia é o que afirma ser: a inegável e autorizada Palavra de Deus para a humanidade.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

Deus nunca me deixou, Deus nunca te deixará! Deus usa minha filha numa ocasião!

         Sei bem quando as pessoas estão deprimidas, desperançosas. Pensam que tudo se inverteu, tudo se foi. Não deixe ser enganado pela sua própria mente. Eu fui diversas vezes, mesmo Deus provando ao contrário. Vc quer lê a prova disso?!: Certa vez estava eu deitado numa rede, no meio da tarde, nos meus dilemas e nos pensamentos clássicos do depressivo:
       "Ninguém gosta de mim, ninguém me ama, a única coisa certa seria a morte para mim!"
        Deixo bem claro, que estava ali apenas em pensamento dizendo essas coisas. De repente, minha filha se aproxima e ela apenas com seus... Desculpa eu me emociono até hj e choro nesse momento. Continuando ela com seus 6 anos de idade, sobe a rede e me abrançando diz:
       "Papai todo mundo gosta do senhor aqui, todo mundo lhe ama!"  Fico estático naquele momento, passado o choque eu lhe abraço, ela sorri como soubesse que aquele seu sorriso é tudo pra mim é o meu fortificante aqui na terra e sai de cena. Me deixa ali, somente eu, a brisa da tarde e Deus. Pois nesse instante penso somente Deus em sua onisciência poderia saber que pensamentos passavam em minha mente. E usou minha filha para falar comigo. Isso é uma revelação de Deus.

 "como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei nem te desampararei." (Josué 1:5)

Deixo com vcs e para mim mesmo a música do Livre para Adorar: Nunca me Deixou.



Vídeo do Youtube enviado por agomesc


sábado, 14 de julho de 2012

Escondido


"Perguntou-lhe Natanael: Donde me conheces? Respondeu-lhe Jesus: Antes de Filipe te chamar, eu te vi, quando estavas debaixo da figueira. Então, exclamou Natanael: Mestre, tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel!" (João 1:48-49 ARA)
Quando chegar na Glória quero perguntar para Natanael sobre esse lance da figueira. O que será que o varão fazia ali de tão sério que o levou a tal quebrantamento quando Jesus disse que o viu...
Alguns especulam que ele orava e clamava pela libertação de Israel, outros dizem que ele estaria fazendo algo realmente pecaminoso, enquanto para alguns outros ele duvidava de Deus e pediu uma prova. Não importa, realmente, pois o ensino central é que Jesus conhece os fatos, conhece o nosso coração e sabe qual a palavra que vai nos desmontar. Ainda bem que Natanael ouviu e acreditou, pois às vezes me parece que vivo no meio de uma geração de surdos. E parece ser contagioso, pois quando me dou por conta também não estou escutando muita coisa. É uma disciplina diária e contínua me manter sensível e o resultado ainda assim deixa a desejar.
Se para este israelita o impacto de uma palavra como esta foi tão grande, temos de aprender alguma coisa. Aquilo que só Jesus conhece a nosso respeito, aquilo que talvez nunca quiséssemos que viesse à tona, talvez até mesmo aquele pedido que nunca saiu da nossa mente - tudo isso deve servir como forma de confirmação de nossa fé e para nos fortalecer em Cristo. Não pode ser motivo de tormento, acusação ou inquietude.
Eu diria ainda mais: não deve ser necessário que seja denunciado para que seja abandonado. Aquilo que nos envergonha ou dificulta cumprir o chamado de Deus, deve ser voluntariamente abandonado e cicatrizado, sem que seja necessário um escândalo para isso. O caso de Natanael pode não ter sido neste sentido, mas aquele homem foi balançado. Devemos nos endiretar diante de Deus enquanto podemos, pois se for revelado pode ser pior.
Natanael adorou a Deus, devemos aprender com ele. Nosso desafio é buscar no Senhor aquilo que só Ele pode nos dar.
"Pai, assim como Natanael eu reconheço que Jesus é Teu filho, meu Rei, meu Salvador. Ajuda-me a endireitar meus caminhos, ações, reações e pensamentos diante de Ti, sem precisar ser revelado."
Mário Fernandez     http://www.ICHTUS.com.br.

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Dia 03 de julho fez três anos quando cheguei px do suicidio!

       Neste dia 03 de julho completaram-se três anos de afastamento profissional e por diversas vezes social. Lembro-me que no dia 24 de maio de 2009. Havia voltado do Grande Premio Caixa de Atletismo no Estádio Olimpico do Mangueirão. Voltava da casa de um amigo onde havia gravado a corrida de F1, para mim, vindo de bicicleta. Quando de repente me via indo já ao chão, alguns centimetros dele. Como se fosse um apagão da minha mente por questões de segundos. Mais não entendi o porque. Com o dedo muito machucado o médico disse que estava com uma fissura e me afastou por 15 dias do trabalho. Mais já estava abalado muito antes disso, o lugar para onde fui transferido desde janeiro (após passar por 6 meses em crise de Hérnia de Disco) foi a pior mudança que num momento oportuno contarei.
       Numa certa manhã disse a minha fiha para ir escovar os dentes, passado um tempo ela voltou para me avisar que tinha feito. Peguei um grande susto e ao me virar para ela virei como uma daquelas metralhadoras disparando os piores palavrões, a menina apenas curvou os lábios para baixo num ensaio de choro e disse que só estava ali para me avisar q tinha escovado os dentes. Então baixei a cabeça e questionei a mim mesmo o que estava acontecendo e em seguida pedir-lhe desculpas.
        Passado outro tempo mais, estava no banheiro e para olhar o meu reflexo no espelho, criou-se um misto de raiva, ódio, nojo para comigo mesmo. Saindo dali minha esposa perguntou algo banal, porém foi o suficiente para eu disparar uma série de coisas, do tipo: "me deixa em paz e que vida dificil levava". Correndo para o quarto e chorando compulsivamente e escondendo meus urros em meio ao travesseiro.
         No último dia para voltar a trabalhar, numa manhã nublada olhei para o céu e disse: "O Senhor me esqueceu, o senhor não olha mais para mim!" E com lagrima em rosto fiquei ali repetindo. Indo para o trabalho simplesmente minhas pernas travaram no meio da rua não indo nem para frente nem para tras. Até que prossegui, mas como das outras vezes assim que chegava na rua de acesso a empresa sentia nauseas e cólicas, pela parte da tarde dores de cabeça terriveis. 
         Quando uma pessoa esta começando a apresentar problemas ela entra em contradição, questiona tudo no que sempre acreditou e não acredita mais em nada. Como Deus pode ter me esquecido uma vez que ele não pode ir contra sua própria Palavra vejamos:

"Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti".
(Isaías 49.15)

          Contudo, não me percebia mais das coisas. Então na noite de 3 de julho de 2009, quando todos dormiam, eu chorava sozinho num sofá vázio da sala. E o que me questionava era o seguinte: "Será que alguém irá sentir faltar de mim? Minha filha irá crescer e o logo me esquecerá, minha esposa encontrará outro e minha mãe, minha amada mãe, mãe de filho único, já tem certa idade morrerá logo" Dizia eu.
            Peguei um barbeador e coloquei no pulso esquerdo fazendo pressão esperando apenas o deslize. Mas tinha medo da dor do corte e não de morrer em si, medo que alguém acordasse e testemunhasse a cena. Minha casa havia uma divisão onde se fazia sala/quarto, com uma perna-manca e pensei ali procurar uma corda para me dependurar. Não encontrei a corda! Corri para o computador para internet, para o Google e como dizem alguns se não tem no Google então não existe e procurei algum site q tivesse modos de suicidios queria algo indolor e encontrando o site, pois digo que a internet e benção ou maldição vc escolhe para sua vida. Quando cliquei no site uma tela vermelha apareceu dizendo "erro fatal" e o Pc reiniciou eu tentei por diversas vezes da continuidade, pois podia ser algum arquivo corrompido e desliguei para ve se tudo voltava ao normal, mais na minha insistência o Pc não ligou mais. Talvez fosse uma falta de arquivo ou sei lá, mas sei que acaso tivesse feito o que tivera no site seria um "erro fatal". Parado ali no sofá algo como uma voz interior, algo espontaneo em minha mente brotou e foi tão forte que não pude conter e aquilo expressou em voz audivel: "Eu não te esqueci". E comecei a observar o que acabara de falar, algo que não foi eu que produzi, não foi o que mentalizei e depois repeti. Simplesmente surgiu em minha mente e depois em voz. Caído ali no sofá em choro passava das 4 da manhã e por três vezes quando estava adormecendo escutava o meu nome: "Geraldo". Chegando ao trabalho procurei minha supervisora que também é cristã e desabafei ali oramos e dali segui a psicologa que tb é cristã me orientou e segui ao psiquiatra, o qual me afastou do trabalhou nesses três longos anos.
           Por mais que uma hora vc entra em parafuso ou falte um deles (rsrsrsrs). Deus nunca desamparará vc, NUNCA, NUNCA, NUNCA.
          Eu sei disso, já tive altos e baixos e ainda tenho muita coisa para aprender e contar a todos, não como a minha história fosse a absoluta, mais no que posso ajudar e ser ajudado tb. Para isso foi o propósito deste blog.
             Passado estes três anos a situação que me encontro hj nada se compara de tempos atrás, mais ainda tenho muito a melhorar afinal a Palavra de Deus diz: "Mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo pelo prêmio da vocação celestial que Deus nos chama a receber". Fl 3:13-14
             Para Honra e Glória de Deus!