domingo, 17 de novembro de 2013

Saindo do armário espiritual

          Imagine coisas que te acompanham desde cedo e vc sempre nega, pode ser um costume, um vicio, entre outras coisas. 
          Tem algo q me acompanha por muito tempo não posso dizer em anos. Para muitos tem explicações. As explicações são diversas, seja no meio espirita, seja no meio católico, no evangélico, na paranormalidade. Uns chamam de premonição, outros de visão, para tantos outros revelação.
            Eu não vou neste primeiro momento contar alguns casos. Só vou relatar que são imagens dentro da minha mente que tem sue começo, meio e fim sem eu ter controle sobre tal fato. São situações, pessoas que nunca vi antes. Duram segundos, minutos, muitas vezes aparentemente sem nexo, no sentido de não vivenciar ou de lugares nunca presente antes.
            Nesses últimos anos a coisa se tornou frequente e foi isso que me deixou perdido e confuso, aprendi um pouco a discernir a coisa.  Mais nunca aceitar de fato.
        Hj decidir aceitar seja o que for, o q chamam de dom. E buscar em Deus esclarecimento e entendimento. Pois muito dessas visões se concretizam exatamente como vi. E não só isso mas como a vontade de certas vezes falar algo especial a certas pessoas. Esse falar vem antes como uma voz interior, novamente não é algo meu não penso antes no que dizer simplesmente surge.
            Não mais me preocuparei com o que digam ou me tratem, pois nem a ciência (psiquiatria) nesses últimos quatro anos soube explicar  e muitas pessoas por desconhecerem rejeitam e rotulam.
            Sinto que aceitar serei mais feliz.