sábado, 28 de março de 2015

Desculpem não tenho titulo para isto!

As doenças degeneram a gente, sejam, as físicas, as cerebrais, as emocionais. Ninguém pode dizer que vc é fraco, espiritualmente, ninguém sabe das suas lutas internas. As vezes vc já lutou até mais do que deveria e talvez isso lhe canse mais. Talvez você por questões morais, ética ou religiosas, o suicídio é pecado, quem faz isso não tem Deus no coração. Meu Deus são tantos julgamentos e nenhuma compreensão. Talvez você lute por seus filhos, por sua parentela. Talvez você lute por quem você ama ou diz amar. Talvez vc lute para que os outros não se sintam culpados. Mais não existe culpados, nem Deus, nem o Diabo, nem as pessoas. Simplesmente acontecem. Se existe alguém que deveríamos lutar seriamos nós mesmos. Pois vc avalia, e não vale a pena luta por quem quer que seja, elas vão seguir sua vida c ou sem você. Elas vão sentir sua falta, e com o tempo cada vez menos. E se fizer por elas, cedo ou mais tarde elas vão te decepcionar e muito. Não vale a pena. Difícil você pensar em si, quando você já não sente nada ou quase nada. Não tente tomar nenhuma ação para atingi as pessoas já disse elas vão seguir seu caminho.
Conheço bem do que falo, já passei uma vez por isso, não estou imune a passar novamente e até desconfio que esteja passando. Sei bem o que é esta dor, este desejo, de acabar com a dor, com a perturbação, com a angustia e agonia. Você se sentir sozinho em meio as pessoas é dolorido, viver sozinho mesmo, é sufocante. Entendo você que está sozinho, e quer acabar com a dor, com parte dela. Infelizmente para acabar com a parte dela, você terá que acabar com o todo. Não vou mentir para você se isto é infelizmente ou felizmente. Apenas digo lute, enquanto houver forças. Quando acabar o dia se acredita em Deus diga obrigado eu venci. Ao amanhecer diga me ajude a vencer. Se acaso vc não consegui, e sucumbir. Escreva e diga para todos que ninguém teve culpa de nada. Que ninguém sinta culpa de nada. As pessoas tem que entender, que são distúrbios da própria pessoa. E que devem ter a consciência que ajudaram até onde puderam.
O Alzahimer, o Parkinson, o câncer, a AIDS e tantas outras doenças. Eu sou diagnosticado com Transtorno Bipolar, a mudança de humor é a marca desta doença, me faz sofrer porque faço os outros sofrerem. Mais a depressão outra característica desta doença, como se fosse a primeira coisa que você vê pela manhã quando abre a porta da sua casa. A dias que você bate com a porta na cara dela e fica olhando o sol pela janela. Tem dias que você ta cansado dessa visita indesejada e deixa entre aberta outros você escancara. Principalmente quando você recebe um choque ou noticia ruim, ou seja, os nervos abalados, mente perturbada, stress. Como você não tivesse dormido direito, e com raiva diz: “Entra logo e diz o que veio faze aqui, senta e fala!”. Você sabe a resposta. Ela quer te convencer a ir com ela embora. Ela pode te tratar sutilmente aos poucos ate um dia que poderá te convencer de vez. Ela te convence justamente das falas acima, que as pessoas irão seguir seus caminhos e que ela exterminará com a dor que te sufoca.

Não estou dizendo a ninguém para partir com ela, só estou dizendo que te compreendo. E quem sabe de uma forma nós poderemos compartilhar algumas coisas. Escrever é uma forma boa, viajar quem sabe, se ainda consegue sair com amigos, melhor ainda, ir ao cinema, a praia, mesmo que sozinho, escutando o barulho das ondas, sentir a areia, fazer o que sempre acho ou que as pessoas achavam ridículo, faça. Se acha melhor se internado numa clinica, para um momento de paz, de silencio, assim faça. O mundo é muito agitado e cruel, e quem sabe o momento que passas não é um momento de estar de frente para ele. Uma hora terá que encarar, no entanto, talvez agora não é o momento.
Talvez acabe este texto outro dia, talvez não!