sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Falar de nossas particularidades as vezes é ruim, mais quando é um testemunho vale a pena.

Este mês por algum motivo não saiu o meu pagamento e me vi com todas as contas a pagar, luz, internet, cartão de crédito e etc... No primeiro momento eu fiquei muito chateado, com raiva. Depois pensei e disse: “talvez Deus queira tratar algo comigo, em especial aprender a depender dele e não querer tomar a frente de qualquer situação”. A partir deste momento eu relaxei, descansei.
É ruim você ouvir teu filho pedir alguma coisa e você não ter, mais expliquei a minha filha e ela entendeu, não tenho o que reclamar dela. Minha esposa também, conversou comigo, para eu esperar em Deus que as coisas iriam normalizar. O que dói é saber que tem pessoas que lhe devem e não pagam. Causa indignação.
Eu falei com Deus e disse: “Te entrego toda essa situação, te entrego todas essas pessoas que estão me devendo, os bons e os maus pagadores”.
Essa semana a ultima nota de real se despediu de minha carteira, mais não sabia que era um até logo. Para ajudar nas finanças faço algumas vendas, o lucro bem pouco. Quando olhei a ultima nota de 2 reais indo embora. Eu disse chegou o momento de depender de Deus, pois as pessoas que compram de mim só pagam a partir do dia 12 até o dia 15.
Na volta de uma consulta médica, cheguei em casa e recebi a noticia que alguém havia deixado um pagamento. Hoje pela manhã um outro comprador que é acertado fazer o pagamento apenas no dia 15 veio a minha casa para pagar. Recebi um zap, para apanhar um dinheiro que a meses já era pra ser pago de outro comprador.
Efetuei um pequeno pagamento hoje com este dinheiro. Quanto a esses pagadores eu tenho uma frase: Quem é compromissado, tem responsabilidade.

Quanto a mim, mais uma experiência aprendida na convivência com o Senhor.